quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Falta mão de obra em Blumenau

Essa li na coluna Mercado Aberto, de Francisco Fresard, no Santa.

Parece que nem as empresas de RH conseguem suprir a falta de mão de obra no setor têxtil. Um exemplo vem da Cristina Malhas.

A empresa vai dar bônus em dinheiro aos funcionários que indicarem pessoas que forem contratadas para preencher as vagas em aberto e as que foram criadas para atender o aumento da produção. Cada um usa as ferramentas que tem para dar conta dos pedidos.

2 comentários

Kal disse...

O que falta é as empresas valorizarem o nosso trabalho, porém muitas vezes é melhor ficar em casa do que pagar para trabalhar...

A wild blumen disse...

Principalmente, Kal, porque quem não paga manager e etc... não tem nem o currículo exibido.
E quem quer mudar de área (meu caso) não tem oportunidade. As empresas de recrutamento não dão a menor chance de tentar conseguir emprego nem mesmo como auxiliar de produção.
Ficamos nós desempregados e vivendo de fazer serviços por conta própria e eles sem bons funcionários.

Postar um comentário