terça-feira, 7 de julho de 2009

Humor: Vingança feminina em 4 partes

Recebi por email da minha eterna amiga, noiva e colaboradora Andrea, e divido com vocês

VINGANCA FEMININA 1

Um homem sempre gozava sua mulher que era loira.

Um dia, ele passou na casa de seus amigos para que eles o acompanhassem até o aeroporto, porque sua mulher ia viajar.

Como sempre gozava com ela, ele disse na frente de todo mundo:

Amor, traz uma francesinha de Paris pra mim?
Ela abaixou a cabeça e embarcou muito chateada.

A mulher passou quinze dias na Franca.

O marido pediu que os amigos o acompanhassem novamente ao aeroporto.

Ao chegar lá, ele perguntou para a mulher:

Amor, você trouxe minha francesinha?
Ela disse:

- Eu fiz o possível.

Agora e só rezar para nascer menina!

VINGANCA FEMININA 2

O casal esta passeando pela praia, e ela pede que ele lhe compre um biquini.
Ele responde:

- Com esse corpo de maquina de lavar? Nem pensar!
Continuam caminhando, e ela insiste:

- Bom, então compra um vestido para mim?

Ele responde: - Com esse corpo de maquina de lavar? Nem pensar!!
Passa o dia. A noite, já na cama, o marido vira para a esposa e pergunta:-
E ai, mulher? Vamos botar a maquina de lavar para funcionar? E a mulher,
com ar de desprezo, responde:

- Para lavar só esse pedacinho de pano?
Ah...! Lava na mão mesmo que dá menos trabalho!

VINGANCA FEMININA 3

A velhinha pergunta para o marido moribundo:

-Meu bem, depois de 40 anos de casado, me satisfaça uma curiosidade.
Você já me traiu alguma vez?
-Sim, querida! Uma única vez! Lembra-se quando eu trabalhava na Nestlé
e tinha uma secretaria chamada Margarida?

-Sim, me lembro! Pois é, aquele corpo já foi todinho meu!
E após alguns segundos, ele pergunta:

-E você, minha velha, já me traiu alguma vez?
- Sim, meu bem! Uma única vez! Lembra-se quando a gente morava na Vila
Andrade, em frente ao Corpo o de Bombeiros?

- Sim... me lembro! -
Então ela responde:

- Pois é... aquele corpo já foi todinho meu!

VINGANCA FEMININA 4

O marido estava em seu leito de morte e chamou a mulher.

Com voz rouca e já bem fraca, disse-lhe:

- Meu bem... chegue mais perto... Eu quero... lhe fazer uma confissão!
- Não, não - respondeu a mulher. - Sossegue e fique quietinho ai.

- Você não pode fazer esforço.
Mas mulher - insistiu o marido. - Eu preciso morrer... em paz!

- Eu quero te confessar algo!

- Está bem, está bem! Pode falar!
- É o seguinte... - Eu sai... com a sua irmã... com a sua mãe e...
com a sua melhor amiga!
- Eu sei, eu sei meu AMOR, mas agora fique quietinho para que o
veneno faça efeito!

NUNCA SUBSTIME AS MULHERES E LEMBREM-SE:
'MULHER NÃO TRAI, MULHER SE VINGA'

Acompanhe o Blog também pelo TWITTER

4 comentários

Rodrigo Piva disse...

As mulheres são perigosas quando querem!!! hahahahahaha

Abraços

julio disse...

mto bom...rsrs. essas muié são fogo viu... mas a gente também dá um jeito de coloca elas em maus lençóis!
abraço

Sissym disse...

Marcio,
Eu li a primeira. Ao terminar a 2a. pensei ser a melhor, mas foi crescente. Então vc selecionou! Comecei esboçando sorriso e terminei morrendo de rir. Não se preocupe, estou viva! Vivinha!

Capitu disse...

Muito bom! Tem até um post no meu blog sobre este exato assunto.
Gostei do blog, beijos.

Postar um comentário