sexta-feira, 28 de maio de 2010

Para degustar em casa, nos dias frios


Baggio Pizzeria & Focacceria de Blumenau tem diversas opções pizzas e de rótulos nacionais e importados que são entregues em casa via delivery

As noites frias do Outono e do Inverno pedem uma combinação perfeita para ser degustada em casa: uma saborosa pizza com um bom vinho, seja este branco, tinto, rosé, frisante ou espumante. A Baggio Pizzeria & Focacceria tem em sua carta diversas opções nacionais e importadas com preços acessíveis e que são entregues em casa, via delivery, com toda a comodidade.

Entre as qualidades comercializadas pela Baggio está o Espumante Paralelo 8 Rosé - Brasil, do Vale do São Franscisco, que é delicadamente doce, por R$ 38,50. O vinho Naturelle Tinto, de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, uma bebida leve e com aromas de frutas e flores, sai por R$ 29,00. O francês Chevaleir D`olaire, da Jean Paul Selles, de R$ 32,00, está sendo comercializado promocionalmente na Baggio por R$ 24,90, para entrega ou balcão. Este vinho leve é feito de uvas Mounvédre, Syrah e Grenache e tem um toque leve de frutas vermelhas.

A Baggio Pizzeria & Focacceria também conta com rótulos italianos, como o Montepulciano D’Abruzzo, da Umani Ronchi (R$ 43,00), chilenos, como o Don Arturo, da marca Cabernet Sauvignon (R$ 29,70), e argentinhos, como o Jean Bousquet Malbec, que é completo em aromas, corpo e paladar (R$ 43,00), entre outras variedades estrangeiras e brasileiras.

Outra variedade muito apreciada em todas as casas da Baggio é o Marques de Cáceres, da Espanha, feito de uma tempranillo, fresco, frutado e muito equilibrado, que é vendido a R$ 71,00.

Na segunda quinzena de maio, novos rótulos entrarão para a carta de vinho da Baggio Blumenau.

Na foto, o vinho espanhol Marques de Cáceres, um dos mais apreciados

Créditos: Divulgação

Serviço

Baggio Pizzeria & Focacceria
Blumenau – (47) 3037.6262
Joinville – (47) 3026.4242

Horário de funcionamento: diariamente, das 18h às 23h30.
www.pizzariabaggio.com.br

1 comentário

Post disse...

Essa matéria foi pra provocar né??!!

Postar um comentário